Novas regras do IVA no arrendamento

O setor imobiliário sofreu uma nova alteração fiscal, desta feita no âmbito do arrendamento de imóveis. A Autoridade Tributária (AT) estipulou que, contrariamente ao que acontecia até o momento, o arrendamento de um imóvel que detenha equipamentos no seu interior deixará de estar sujeito a pagamento de IVA.


Não há dúvidas de que o arrendamento de um imóvel “paredes nuas” está isento de IVA, por seu lado, a cedência de um imóvel com equipamentos no seu interior, implicava (até agora) o pagamento do IVA. Contudo, após várias deliberações no Tribunal de Justiça da União Europeia, a Autoridade Tributária (AT) veio alterar e clarificar as regras.


Determina-se agora que a existência de equipamentos no interior de um imóvel não é relevante para efeitos de enquadramento de IVA. Deste modo, para que a locação do mesmo esteja sujeita a IVA, o proprietário necessita de ter um papel ativo na gestão do respetivo imóvel, nomeadamente, através de serviços de segurança, limpeza, entre outros. Ou seja, na prática e para efeitos de IVA, estas situações passam a estar equiparadas ao arrendamento “paredes nuas”, ou seja, ficam isentas de IVA.



Fonte: uwu

Destaques
Notícias Recentes
Arquivo
Search By Tags
Nenhum tag.
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon