Arquivo Digital: O futuro está a chegar à sua empresa!

Todos os sujeitos passivos são obrigados a arquivar e conservar em boa ordem todos os livros, registos e respetivos documentos de suporte por um prazo de 10 anos, se outro prazo não resultar de disposição especial.


Esta acumulação de pastas poderá causar diversos problemas, como:

  • Quanto tempo e/ou dinheiro já dispensou para manter em arquivo físico a documentação da sua empresa?

  • Já sentiu necessidade de consultar uma fatura de um determinado fornecedor e não saber em que mês/ano e pasta está o documento?

Então 2020 poderá ser um ano de mudança! A partir de agora, o arquivo digital de toda a documentação da sua empresa pode ser uma realidade, com validade legal.


A publicação do Decreto-Lei no 28/2019, de 15 de fevereiro, veio introduzir alterações significativas às regras de faturação e arquivo.


As empresas podem agora optar por deixar de ter o arquivo físico. O arquivo digital, alojado num servidor localizado em Portugal ou noutro país da União Europeia, permite que a sua empresa deixe de ser obrigada a guardar as faturas em papel durante 12 anos. Esta dispensa abrange também os documentos que recebe em papel desde que os mesmos possam ser digitalizados e, posteriormente, arquivados no seu servidor.



Desta forma, as empresas estão obrigadas a manter os documentos arquivados digitalmente durante o período legal, e têm obrigatoriamente de obter cópias de segurança destes arquivos.

Com este novo procedimento, a sua empresa poderá reduzir os custos tornando-se mais eficaz na gestão dos seus processos!

Destaques
Notícias Recentes
Arquivo
Search By Tags
Nenhum tag.
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

© 2020 Garcia & Resende

  • Black Facebook Icon