Proibidos pagamentos em dinheiro acima de 3.000 euros


Os pagamentos em dinheiro acima de 3.000 euros são proibidos a partir de quarta-feira, mas aos não residentes são permitidos pagamentos até 10 mil euros, ou o equivalente em moeda estrangeira, segundo um diploma hoje publicado.

Os pagamentos de faturas de valor igual ou superior a 1.000 euros, ou o seu equivalente em moeda estrangeira, realizados pelos sujeitos passivos de IRC, e por sujeitos passivos de IRS com contabilidade organizada, passam a ter de “ser efetuados através de meio de pagamento que permita a identificação do respetivo destinatário, designadamente transferência bancária, cheque nominativo ou débito direto”.

Destaques
Notícias Recentes
Arquivo
Search By Tags
Nenhum tag.
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

© 2020 Garcia & Resende

  • Black Facebook Icon