• Garcia & Resende - Consultores de Negócios

Gratificações de Balanço: quais as vantagens?

O que são Gratificações de Balanço?


As Gratificações de Balanço são nada mais nada menos do que uma participação dos sócios e/ou colaboradores de uma empresa nos lucros da mesma. O que acontece é que, para além do pagamento normal aos colaboradores, pode optar por ceder parte dos seus lucros para que estes sirvam de “incentivo extra”. Normalmente, esta prática resulta em mais resultados positivos e nota-se um aumento da motivação e dedicação dos colaboradores à sua empresa, pois veem o seu trabalho reconhecido.


O valor respeitante à Gratificação de Balanço estará sujeito a retenção de IRS. Por outro lado, será isento de TSU. Simultaneamente, se a empresa assim o decidir, poderá fazer o pagamento das gratificações de forma faseada, ao longo de vários meses.



Porque é que deveria ponderar o pagamento de Gratificações de Balanço?


Quando falamos de atribuir gratificações à gerência verifica-se um limite definido pelo código do IRC. Ou seja, quando alguém possui (direta ou indiretamente) mais de 1% do capital social da empresa, a sua participação no lucro da empresa não pode ser considerada um gasto fiscal quando as importâncias distribuídas ultrapassem o dobro da média da remuneração mensal auferida no período de tributação a que respeita o resultado em que participam (R. anual/12 x 2).


Assim, as Gratificações de Balanço podem servir para recompensar a sua equipa pelo desempenho, enquanto melhora, em simultâneo, a situação fiscal da sua empresa ao serem consideradas como gasto fiscal. Desta forma diminuiu o resultado sujeito a IRC, reduzindo assim o imposto a pagar. Ao mesmo tempo, é possível aumentar o interesse dos colaboradores pelo sucesso do seu negócio.











Fonte: UWU

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo